Tapetes Contadores de Histórias

APRESENTAÇÃO para crianças e adultos

Dia 26/02 as 15h | Ingresso: R$12,00

No Espaço Cultural Terreirão do Mundaréu – Rua Domingos Nascimento, 149 | clique aqui…

Informações: (41) 9631-9223 | valverde14@gmail.com

REPERTÓRIO

Variado e específico para cada faixa etária, tais como contos populares (oriundos da Ásia, África, Europa e América do Sul), literatura infanto-juvenil nacional e estrangeira (Ana Maria Machado, Carlos Drummond de Andrade, Ricardo Azevedo, etc), para crianças a partir de 2 anos, jovens e adultos.

NA FAZENDA DA MINHA AVÓ Tapetes artesanais representam belos contos do Brasil e do mundo que traduzem de maneira singela e divertida a vida no campo e a relação da criança com a natureza. São narrados contos autorais (“O avental que o vento leva” de Ana Maria Machado; ” Friska, a ovelha que era pequena demais” do inglês Rob Lewis) e contos populares de origens diversas (A galinha que subiu até o céu – África; A nuvem triste – Brasil)

PÉ-DE-MOLEQUE PEDE PALAVRA Tapetes feitos de cores e texturas servirão de cenário para “Retomarmos o tempo de pés descalços, corridas de bicicletas, raspa de brigadeiro na colher de pau, histórias antes de dormir. O pé do moleque sabe que aprende no chão, desviando das pedras pontiagudas e ardendo livre no asfalto quente dos dias de folga. Suado, dedão gordo, pede palavra.” Nesta sessão descobriremos o destino que aguarda ao “João Bobo” (conto tradicional brasileiro, na versão de Ana Maria Machado), o que o “Espelho Mágico” pode encontrar pelo mundo (conto popular brasileiro compilado com Luís da Câmara Cascudo), o que aconteceu com “Jojo”, minha vaca de estimação (conto do francês Olivier Douzou) e onde foi repousar “O elefante” de Carlos Drummond de Andrade.

OFICINA – Ateliê de Histórias
22 a 25/02 | das 18h as 21h
No Espaço Cultural Terreirão do Mundaréu – Rua Domingos Nascimento, 149 | clique aqui…

Investimento: R$: 105,00

Informações e Inscrições: (41) 9631-9223 | valverde14@gmail.com


Intercalando teoria e muita prática, ‘Ateliê de Histórias’ é uma oficina sobre a arte de contar histórias e seus desdobramentos, onde os participantes passam por práticas narrativas, do diálogo entre narração e animação de formas e criação de suportes plásticos (tapetes, painéis, etc.) para contar histórias.

A oficina segue a seguinte metodologia:
1) Formação de Contadores de Histórias (9h): Práticas Narrativas, Múltiplas Relações com as Narrativas, Recursos Disponíveis do Contador de Histórias, Qualidade do Comprometimento com as Histórias, Ritmo e Musicalidade da Palavra, Análise das Características Estruturais e Estilísticas dos Contos, Manipulação de Objetos, Discussões Temáticas e Formação de Repertório.
2) Planejamento, Confecção e Ensaio com os Cenários (3h) : Análise Espacial dos Contos, Noções de Composição de Texturas, Fabricação dos Suportes, Ensaio com os Materiais Criados.

Tais materiais foram reunidos ao longo destes 12 anos de trabalho de grupo, a partir da formação dos integrantes em Teatro, Literatura Infanto-Juvenil, Artes Plásticas e Arte-Educação, bem como de sua experiência nos centros culturais e educacionais, participação em eventos literários, congressos, simpósios e festivais de teatro, narração de histórias e animação de formas no Brasil e exterior.

Quem é o ARTISTA-PROFESSOR?

Warley Goulart: Especialista em Literatura Infanto-Juvenil pela UFF e formado em Artes Cênicas pela UniRio, Warley Goulart aprendeu a costurar seguindo as dicas da mãe, é um dos coordenadores do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias, onde atua como contador de histórias, músico e artista plástico na criação e costura das obras do projeto. Com seu grupo, já se apresentou e ministrou oficinas em centros culturais, bibliotecas, universidades, festivais e encontros de contadores de histórias, literatura e teatro, no Brasil, Espanha, Portugal, Argentina e Peru. Já participou de inúmeros projetos juntos aos SESCs do Brasil, com destaque para as unidades dos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. Em 2006, com Carlos Eduardo Cinelli, Warley Goulart criou ilustrações para o livro O congo vem aí!”de Sérgio Capparelli, lançado pela Editora Global (SP).

 

Sobre os TAPETES CONTADORES

Há 12 anos, o grupo Os Tapetes Contadores de Histórias produz e realiza sessões de histórias, espetáculos, oficinas e exposições interativas a fim de despertar o gosto das crianças e jovens pelas artes e pela leitura. Para tal, o grupo cria e se utiliza de tapetes, malas, aventais, caixas e livros de pano como cenários de contos autorais e populares de origens diversas. Com apoio de importantes instituições do país, e reconhecimento de público e crítica, o grupo já visitou cidades do Brasil, Espanha, Portugal, México, Argentina , Chile e Peru. No Rio, desde 2005, o grupo se apresenta regularmente na Livraria Argumento (Leblon), tendo já conquistado um público cativo na cidade. O grupo também aparece constantemente nas mídias mais significativas da cidade (Rio Show, Segundo Caderno, Revista programa, Veja-Rio, etc.)

Anúncios