Lançamento do Livro

A SOMBRA QUE ME SEGUIA

A jornalista Adriane Salomão lança, pela Editora 7 Letras, seu primeiro livro de contos

capa adriane

Sonho ou realidade? Esta pergunta instiga a leitura dos 47 contos presentes em “A sombra que me seguia” (Editora 7 Letras). Fruto de uma oficina literária com a professora Marise Eduane, o livro da jornalista Adriane Salomão nasceu de forma despretensiosa e traz histórias marcadas por suspense em uma narrativa repleta de bom humor e criatividade na construção de seus personagens.

O jeitinho brasileiro, a malandragem carioca, a mulher sempre atrasada; a solidão, o preconceito, as mazelas sociais; conto de fadas, bumba-meu-boi, imaginário brasileiro. São diversos os cenários e tipos brasileiros nos contos de estreia da autora, que trazem um retrato da sociedade com seus mitos, rótulos e verdades.

O prefácio é assinado pela escritora Olga Savary que destaca, entre percepções cheias de elogios, o surrealismo presente no texto e o fato da autora não se prender a regras. Sua maneira de construir as histórias ativa o inconsciente sutilmente, surpreendendo o leitor a cada página. Segundo Olga, são “verdadeiras radiografias de almas (…) em uma ágil ficção que traz a marca pessoal da autora”.

Marise Eduane, que estimulou através de suas aulas o nascimento destes personagens, assina a orelha do livro ressaltando a persistência de Adriane para entrar neste universo da produção literária fazendo uso, especialmente, de sua imaginação.

Com ilustração da designer Mônica Grandchamp – sob foto do vídeo “Encontro e desencontro” de Ivens Machado, o livro conta ainda com o comentário de Adriana Falcão, na quarta capa: “leve, emocionante, divertido, diverso, original e delicioso”.

Sobre o dia 20… clique aqui…

Adriane Salomão

SOBRE A AUTORA

ADRIANE SALOMÃO nasceu em Nova Friburgo, na região serrana do Rio de Janeiro, em 12 de dezembro de 1967. É jornalista formada pela Faculdade da Cidade (hoje UniverCidade), no Rio de Janeiro. Como repórter atuou nas editorias de economia, política e cidade de diversos jornais entre eles Jornal do Brasil, O Dia, Jornal do Commercio e Tribuna da Imprensa. Em 1999, ganhou o prêmio da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), com a reportagem “Muito cuidado com as pechinchas”, publicada pelo Jornal do Commercio. Adriane Salomão também é atriz, formada pela Escola de Teatro Martins Penna, tendo atuado em diversas montagens. Desde 2002 trabalha como assessora de imprensa, atualmente como coordenadora de novos projetos da agência Textual Serviços de Comunicação.

Anúncios